Governador se compromete com reajuste de 7,64% para docentes da UERN

Foto: Rayane Mainara (Assecom-RN)

O Governador Robinson Faria se reuniu no final da manhã de hoje (13) com representantes da Diretoria da ADUERN e do movimento docente da universidade. A pauta foi composta basicamente por dois pontos: o auxílio saúde dos docentes e servidores da UERN e o Plano de Cargos e Salários (PCS) da categoria.

Durante a reunião, a Diretoria da ADUERN apresentou as reivindicações referentes à reposição salarial da categoria, com dados atualizados mostrando a defasagem nos salários dos/as docentes da instituição em 2017.

O Governador reconheceu a legitimidade do pleito, mais especificamente a concessão de um reajuste referente à inflação acumulada desde o ano de 2016 que é de 7,64%. Entretanto, segundo o governador, esta decisão precisa ser amparada em um estudo técnico a ser feito pela Reitoria da UERN que aponte o impacto financeiro no orçamento da instituição.

A ADUERN reivindicou que, assim como foi aplicado aos professores da rede estadual, a reposição da inflação seja feita imediatamente, haja vista a pesada defasagem salarial vivida pela categoria em decorrência do descumprimento de acordo firmado PELO Governo ainda em 2012.  

Ficou acordado que nos próximos dias a administração da universidade deverá preparar este documento e enviar ao Governador. em seguida, haverá mais uma reunião entre o sindicato e o governo para se discutir a sua implementação.

A comissão docente também afirmou que a negociação entre o governo e a Aduern pela efetiva implementação do PCS vai continuar pois a correção salarial não está vinculada apenas a este reajuste hoje reivindicado.

 A reunião entre ADUERN e Governo do Estado acontece após um ano de tentativas frustradas onde a associação docente enviou para a casa civil oito ofícios solicitando audiência com o governo. De acordo com  Robinson Faria,  a morosidade em atender a esta reivindicação foi causada por uma série de desencontros, inclusive chegou a afirmar que não foi informado por seus assessores dos inúmeros ofícios enviados pelo sindicato à Governadoria. 

A diretoria da ADUERN e os docentes que representaram a base da categoria avaliaram positivamente a reunião, bem como os encaminhamentos acordados. 

Protesto – Na manhã de ontem (12), a Diretoria da ADUERN e professores/as da base participaram da recepção ao Governador Robinson Faria na porta do Hospital Regional Tarcísio Maia (HRTM). A manifestação, convocada pelo Sindsaude, foi motivada pelo descaso de Robinson com o funcionalismo público estadual e os constantes atrasos no pagamento de salários. 

bb9dd657-5b8f-4f79-81a8-044c3eec832c

Foto: Matheus Nobre (Asscom/Sindsaude)